Institutos Reciclando o Futuro e Adonai formam mais 100 novos cuidadores de idosos

Institutos Reciclando o Futuro e Adonai formam mais 100 novos cuidadores de idosos

Institutos Reciclando o Futuro e Adonai formam mais 100 novos cuidadores de idosos
Parceria entre as duas entidades tem como foco garantir autonomia financeira a alunos; mais 120 vagas serão abertas para a turma de julho

Mais um passo rumo à autonomia financeira, com uma novo diploma. Esse foi o sentimento dos 100 formandos do curso de cuidador de idosos, oferecido pelos instituto Reciclando o Futuro, em parceria com o Instituto Adonai de Samambaia. A entrega dos diplomas ocorreu neste sábado (4).

Os alunos iniciaram sua formação no mês de maio e foram divididos em quatro turmas. As aulas foram ministradas durante quatro sábados, sendo que cada encontro durava duas horas. Mais de 200 pessoas já passaram pelas oficinas.

É o caso de Marta Maria da Cruz. A aluna de 63 anos recebeu sua certificação e se mostrou bastante otimista com a área de atuação. "A expectativa é trabalhar muito", afirma.

"Além de ajudar as pessoas que necessitam de cuidados, é muito bom para a dignidade, autoestima, para a gente se sentir útil", comentou Marta. A formanda ainda elogiou o curso e o professor Arlei José, a quem ela classificou como "cuidadoso e atencioso".

Além do certificado, Elizabeth Mari de Souza conseguiu também uma oportunidade de emprego. A estudante iniciará na área por intermedio do curso e agradeceu aos organizadores da oficina.

"Está muito difícil uma colocação no mercado de trabalho, principalmente para alguém da minha idade. Mas, com a ajuda de vocês, vou poder tomar posse", comemora Elizabeth.

Autonomia financeira
Conhecido por dar oportunidades às pessoas em situação de vulnerabilidade social, o Instituto Reciclando o Futuro segue oferecendo formação profissional nas mais diversas áreas de atuação.

A fundadora da instituição, Renata d'Aguiar, destaca o papel de iniciativas como essa. "A assistência social não é só distribuir cestas básicas, não que isso também não seja importante", acredita.

Para ela, o trabalho social vai na linha de capacitar pessoas e oferecer dignidade. "Nossa meta é fazer com que menos pessoas dependam de doações, mas que tenham sua autonomia financeira, sua fonte de renda", destaca a ativista social.

Nova turma em julho
Uma nova turma com mais 120 vagas está aberta. Quem quiser participar, deve procurar o Instituto Adonai, em Samambaia Sul (quadra 309, conjunto 5, lote 01) ou os números do Reciclando o Futuro na Asa Sul, Sol Nascente ou Estrutural.